Le Arti Per Via, estará no Brasil no mês de julho de 2018

 

WhatsApp Image 2018-06-17 at 22.23.05

IMG-20180601-WA0027

“Quando a estrada se torna um museu e o museu se torna um espetáculo”.

Num espírito de irmandade, de globalização e conservação dos valores trazidos pelos imigrantes vênetos no século XIX,  o Comitato Veneto do Estado do Rio Grande do Sul – COMVERS, colabora para brindar mais meio século de presença em solo brasileiro de imigrantes e descendentes de italianos.

Nas comemorações dos 150 anos de chegada a esta pátria, o Grupo “Le Arte Per Via” percorrerá o interior do Estado Gaúcho com uma imersão cultural e um dos mais prestigiados espetáculos artísticos do mundo.

“Uma vera e própria opera di – riesumazione storico-culturale – che ci riconsegna però la conoccenza e la consapevolezza di um período storico dimenticato che va così a completar ela storia dell’epopea dell’emigrazione veneta nel sud del brasile e in particolare nel rio grande del Sud”, (confira a tradução) – “Uma verdadeira e original obra de – exumação histórico-cultural – que, no entanto, nos devolve o conhecimento e consciência de um período histórico esquecido que completa assim a história da epopeia da emigração vêneta no sul do Brasil e em particular no Rio Grande do Sul “, diz Gianni Posocco, Presidente do “Le Arte per Via”.

Esta turnê que iniciará em Porto Alegre com a visita ao Palácio Piratini, sendo recebidos pelo Governador Exmo. Sr. José Ivo Sartori num almoço junto ao Galpão Crioulo, onde será servido um suculento churrasco e se deslocará para o Vale Vêneto, Santa Maria, Iraí, Marau, Encantado, Carlos Barbosa, Bento Gonçalves e que culminará em Nova Bassano, durante a Semana Italiana, que culminara as apresentações durante a comemoração dos 60 anos de Gemellaggio com Bassano del Grappa, o mais antigo do Brasil. Para a Coordenadora do Projeto e Presidente do Circolo Veneto da Associação Italiana de Santa Maria, Isabel Cristina Dalcin Quirino, “será o maior desafio logístico e de trabalho em equipe desenvolvido. Um contêiner de figurinos e instrumentos acompanhará todo o percurso”.

O Grupo Le Arti per Via é um teatro de rua, que conta a história de artesãos e vendedores através do projeto Sulle grandi rotte dell’emigrazione: Ritorno in Brasile 2018. Com mais de 33 anos de atividades se apresentaram em 15 países europeus e seis além-mar, dentre México, Canadá, EUA, Argentina, Austrália e Brasil. Já realizaram um total 374 shows.

Especialmente neste ano, durante todas as apresentações, haverá o lançamento do livro bilíngue talian/italiano  “TI TAZI SENPRE TE PARLI MAI”, organizado por Catia Dal Molin.

A comitiva contará com cerca de 60 artistas, vindos de Bassano del Grappa, Região do Veneto, e que nasceu em 1984 após uma longa pesquisa histórica que buscava reconstruir as figuras dos artesãos e vendedores do final dos anos 1800 e que atuavam nas ruas italianas. Daí surgiu o nome “Le Arte Per Via”

Para o presidente do COMVERS, Ismael Rosset, “poder em parceria com muitas entidades filiadas ao Comitato, Administrações Públicas, iniciativa privada, muitos voluntários e apoiadores este belíssimo espetáculo, mostrará para nossa atual sociedade a realidade daqueles bravos italianos, predominantemente vênetos, que com muita dificuldade conseguiram saíram da Itália e chegaram aos mais diferentes recantos do mundo, mas especialmente em solo gaúcho, e agora quase 150 anos depois podermos viver essa experiência cultural será uma oportunidade ímpar para todos”.

Para o  consultor do Comvers César Augusto Prezzi, nomeado pela  Regione del Veneto para representar o Rio Grande do Sul,  este projeto é mais  uma  grande iniciativa  financiada com recursos  daquele  governo  que tem valorizado sobremaneira  as relações  entre os dois Estados Irmãos. O fortalecimento dos laços  de irmandade  favorecem as relações  culturais, institucionais e econômicas, principalmente nos  trinta municípios  gaúchos que possuem tratados de gemellaggio com municípios do Vêneto, destacou Prezzi. Mais um  resultado positivo oriundo da recente visita do governador do Veneto Luca Zaia ao Rio Grande do Sul.

3.ft_Piazza_mercato_2

O projeto prevê acontecer preferencialmente em vias públicas e espaços culturais e será de acesso gratuito para todos.

Este projeto está sendo financiado pela Regione Del Veneto e recebe apoio dos seguintes parceiros: Comvers,  Aism, Circolo Veneto da Aism,  Sicredi, Royal Plaza Shopping, Fiat Veículos, Beltrame Supermercados; Paulo Caleffi – Visão Empresarial.

A programação ocorrerá de 19 à 30 de julho de 2018.

Confira abaixo os dias e principais localidades onde acontecerão estas apresentações mágicas:

  • Porto Alegre, dia 19/07, almoço no Galpão Crioulo – Palácio Piratini (para autoridades);
  • Santa Maria, dia 21, 17h, concerto no Royal Plaza Shopping;
  • Vale Vêneto, dia 22/07, 14h30min, desfile na abertura do Festival Internacional de Inverno e Semana Italiana de Vale Vêneto;
  • Iraí, dia 23/07, 17h, em frente a Prefeitura Municipal;
  • Marau, dia 24/07, 17h, no CTG Felipe Portinho;
  • Encantado, dia 26/07, 15h, na Rua Padre Anchieta;
  • Carlos Barbosa, dia 27/07, 19h, no Salão da Comunidade Santo Antônio de Castro;
  • Bento Gonçalves, dia 28/07, as 10:30 horas na Via Del Vino em frente a Prefeitura Municipal.
  • Nova Bassano, dia 29/07, 17h, durante a Semana Italiana e 60 anos de Gemellaggio (mais antigo do Brasil), no Ginásio de Esportes.

IMG-20180601-WA0031

IMG-20180601-WA0026IMG-20180601-WA0033IMG-20180601-WA0039

Agenda positiva é destaque na Assembléia Geral Extraordinária do COMVERS

Aconteceu no dia 15 de maio de 2018, no Auditório da Prefeitura Municipal de Encantado – RS, a Assembleia Geral Extraordinária das entidades associadas do COMVERS – COMITATO VENETO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, convocada pelo Presidente da Entidade, o Sr. Ismael Rosset, através do Edital de Convocação nº 01/2018 de 30 de abril de 2018, publicada na sede da Entidade, em Ilópolis – RS, conforme prevê o Capítulo V do Estatuto.

Com mais de 2/3 dos associados presentes, o Presidente da Diretoria Executiva convidou para compor a mesa de trabalhos o Presidente do Conselho Deliberativo, Sr. Zulmir Miotto (eleito por aclamação para presidir a Assembleia), a Segunda Vice-Presidente Sra. Isabel Cristina Dalcin Quirino; o Tesoureiro Sr. Airto Bravo; a Segunda Secretária Sra. Sediane Dall’Agnol Roman e o Consultor Sr. Cesar Augusto Prezzi e o Prefeito Municipal de Encantado, Exmo. Sr. Adroaldo Conzatti.

Seguindo o protocolo, foi feita a leitura das atas de 23/12/2017 (Ilópolis-RS) e de 15/05/2018 (Encantado-RS), aprovadas por unamidade e aclamação pela Assembleia Geral Extraordinária, assim como o Edital de Convocação nº 01/2018 de 30 de abril de 2018.

Abrindo a pauta, foi informado aos presentes, que às 9 horas deste mesmo dia foi realizada no mesmo local a reunirão dos membros da Diretoria Executiva e dos Conselhos Deliberativo e Fiscal do COMVERS (Edital de Convocação nº 01/2018, de 30/04/2018, publicado conforme Capítulo V do Estatuto), que votaram por unanimidade e aclamação, que é nulo de pleno direito todos os atos praticados nas reuniões ocorridas em Monte Belo do Sul, no dia 21/04/2018; por terem aqueles atos constituído-se um desrespeito à diretoria executiva e aos associados desta federação. Ficou, ainda, registrada a indignação de todos com a falta de humanidade demonstrada pelos firmatários daquelas atas e a desobediência ao cancelamento daquelas reuniões, informadas legalmente e antecipadamente pelo Presidente da Diretoria Executiva, Sr. Ismael Rosset, por comprovado motivo de saúde familiar e as quais o mesmo não autorizou nem delegou representação legal, denotando, também, a escassa participação de membros e de associados daqueles encontros ilegais e a falta de sintonia e de objetivos positivos em relação ao Comitato.

Ainda referentes a esta reunião, foi  feita a leitura detalhada do parecer do consultor Prezzi sobre as Atas e histórico do Comvers e sobre as entidades fundadoras, sendo o seu parecer também aprovado por unanimidade e aclamação. Assim como o pedido do Presidente da Diretoria Executiva para a manutenção das deliberações ocorridas na reunião de dezembro de 2017, em Ilópolis, conforme Ata nº 26/2017, que prevê a cobrança da taxa anual para fazer frente às necessidades das atividades do Comitato e viabilizar novas ações, e que após longa discussão, o Conselho Deliberativo reafirmou e aprovou por unanimidade.

Sendo assim, a cobrança da taxa anual entra em vigor neste ano de 2018 com os seguintes valores: 01 (um) salário mínimo anual por associação, tendo por base o valor do salário mínimo do ano precedente, que em 2017 foi fixado em R$ 937,00 (novecentos e trinta e sete reais), cujo valor poderá ser pago com 10% de desconto quando for realizado na sua totalidade, até 30 de junho. Ou parcelado em dois pagamentos, sendo 50% até 30/06 e os 50% restantes, até 31/12/2018.

O valor deve ser pago através de boleto bancário, a ser enviado por correio e endereçado para as entidades ou seus presidentes ou ainda, por deposito identificado, conforme as datas fixadas acima. As entidades que desejarem usufruir de seus direitos deverão estar quites com suas obrigações.

A proposta foi colocada em votação e aprovada por unanimidade e aclamação pelos associados, que pontuaram a importância das decisões tomadas, especialmente a cobrança da taxa anual e a futura reforma do estatuto, pois poderão significar o ingresso de novas entidades contribuintes que possuem solidez econômica, principalmente nos municípios onde foram realizados os Pactos de Amizades (Gemellaggios), projetos e parcerias com o aval da Região do Vêneto.

Dando sequencia à Assembleia Geral Extraordinária, o Presidente Ismael Rosset, listou as atividades desenvolvidas pelo COMVERS durante o período, onde se destacam o recebimento da Prestação de Contas do ano de 2016 homologada pela Região do Vêneto, bem como, do comunicado do reembolso das despesas de manutenção da Entidade do referido ano e a criação da novo site do COMVERS, com novo visual, adaptado para o uso em smartphones e a nova logotipia, aprovada por unanimidade e aclamação de todos os presentes. Também ganharam destaque as ações de lançamento da nova Rota Turística Pão e Vinho, que irá ligar por via asfáltica o Alto do Vale do Taquari à Serra Gaúcha.

Coube ao Tesoureiro, Sr. Aito Bravo apresentar a Prestação de Contas referente ao ano de 2017 através do Balanço Geral Anual e em consonância com o Relatório da Diretoria Executiva, aprovada pelos Conselhos Fiscal e Deliberativo, assim como a abertura de duas contas correntes junto ao Sicredi de Ilópolis, Agência 0136, Banco 748 para movimentação financeira da Entidade e a manutenção da da conta corrente junto ao Bradesco, prioritariamente, para as operações internacionais. O Resultado Líquido no Período é de R$ 27.642,11 (vinte e sete mil, seiscentos e quarenta e dois reais com onze centavos) de débito e o Saldo Aplicado no Bradesco é de R$ 6.714,39 (seis mil e setecentos e quatorze reais com trinta e nove centavos). As decisões foram referendadas e aprovadas por unanimidade e aclamação pelos Associados presentes na Assembleia Geral Extraordinária.

Para a representação da Entidade na Consulta Vêneta e Mettting 2018, que acontece em outubro na cidade de Padova, na Itália, permanece nomeado o consultor Cesar Augusto Prezzi, que reafirmou o seu compromisso com o Comitato, permanecendo no cargo até dezembro de 2018, quando haverá nova indicação para este cargo. Todos manifestaram a importância da permanência do Consultor no Comitato, sendo ele a alma viva desta Entidade.

Como Representantes Jovens neste mesmo evento de Padova, foram homologados como titular o Sr. Cassio Dalla Libera, de Arvorezinha/RS, e como suplente, o Sr. Lucio Possobon Iop, de Santa Maria/RS, que deverão apresentar a documentação exigida pela Regione del Veneto nos prazos pré-estabelecidos. Se ainda assim não houver atendimento, a nomeação será feita pelo Presidente do COMVERS.

Duas novas Entidades, com documentação pertinente aos princípios do Comitato se apresentaram aptas para inclusão no Comitato, sendo apreciadas e aprovadas por unanimidade e aclamação pela Assembleia Geral Extraordinária, passando a ter voto imediato nesta Assembleia. São elas: Associação Vêneta de Vale Vêneto – AVE, CNPJ 91.096.792/0001-03, Rua Pe. João Lop, s/nº CEP 97.235-000, Distrito de Vale Vêneto, São João do Polesine, RS e a Associação dos Descendentes de imigrantes das Terras de São Marcos – ADISAM, CNPJ 30.441.551/0001-51, Av. Silvio Sanson, nº 89, Sala 01, Bairro São Cristóvão, Guaporé, RS, CEP 99.200-000.

Em contrapartida, outras duas entidades solicitaram sua exclusão do COMVERS: a Società Italiana di Bento Gonçalves, com sede em Bento Gonçalves e a AVEVAT- Associação Vêneta do Vale do Taquari, com sede em Doutor Ricardo.

Dando sequência à pauta positiva, Isabel Cristina Dalcin Quirino, coordenadora do Projeto Brasil 2018: “Le Arti Per Via Brasil”, que esta sendo desenvolvido pelo COMVERS em parceria com oito municípios (Porto Alegre, Santa Maria, Distrito de Vale Vêneto – São João do Polesine, Frederico Westfalen, Marau, Encantado, Carlos Barbosa e Bento Gonçalves), enfatizou a beleza da programação que irá acontecer de 19 de julho até 31 de agosto, onde os mais de 50 artistas, vindos de Bassano di Grappa, contarão a história da imigração vêneta no final do século XIX.

Junto a esta bela festividade acontecerá, ainda, outra iniciativa bastante audaciosa do COMVERS aprovada junto ao MinC para captação de recursos: o lançamento do projeto “150 Anos da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul”, uma edição impressa de luxo, contendo dois volumes de 300 páginas, contando a história da imigração por meio de uma seleção de textos dos maiores estudiosos do tema, e também a história dos municípios e personalidades fundadas por seus descendentes, e onde a colaboração das Associações será fundamental para deixar registrado este importante e inédito capítulo da nossa colonização.

Airto Bravo e Neuro Coradi, ambos da Associazioni Italiani di Cuore de Arvorezinha, falaram da realização do Pacto de Amizade de Arvorezinha com Alpago, coordenado pelo Comitato e que dia 19 de junho terá uma comitiva viajando para Itália visando aproximar as duas cidades.

A secretária desta Assembléia, Sediane Dall’Agnol Roman, da AAMoinhos falou do belíssimo projeto de intercâmbio concluído em fevereiro deste ano, entre alunos do Liceo Linguistico Cadore Paritàrio de Auronzo di Cadore e 26 participantes dos municípios de Anta Gorda, Arvorezinha, Doutor Ricardo, Ilópolis e Putinga. O projeto previu a realização de um curso de Língua Italiana aos participantes em parceria com a ACIRS. Este é terceiro projeto já realizado bienalmente entre os envolvidos.

O consultor Prezzi, coordenador do projeto “Merica Merica Due” que prevê a execução de 10 pinturas murais pelo Estado feitas pelo artista Gian Antonio Cecchin, renomado artista Feltrino que retratará em painéis de aproximadamente 12m² cenas da imigração italiana e Bellunesi, falou da oportunidade rara de aproximação entre artista e público e da difusão de suas preciosas técnicas. O projeto prevê a participação do Gruppo I Solisti Veniti para abrilhantar as inaugurações.

Prezzi, falou também do novo projeto de viagem apresentado pelo COMVERS para a Regione del Veneto: “Brasile: L’Ottava Provincia del Veneto”, dirigido para o público acima de 65 anos, previsto para outubro deste ano e que contará com doze vagas. A expectatova é de que seja aprovado. O consultor ainda fez a distribuição para as entidades associadas do filme: DI PADRE IN FIGLIA, produzido pela RAI e que menciona o Gemellaggio di Nova Bassano com Bassano del Grappa.

Prezzi relatou os encaminhamentos do Gemellaggio de Vista Alegre do Prata com Cismon del Grappa e detalhou também o encaminhamento da proposta de Gemellaggio de Serafina Correa com Feltre, iniciativas importantes também coordenadas pelo COMVERS.

Aproveitando a oportunidade, o Sr. Ivaldino Lodi Rissini, agradeceu pela inclusão da ADISAM no Comitato e destacou o Pacto de Amizade entre Guaporé e Valdagno e a construção do monumento de São Marcos idêntico ao existente na cidade Co-irmã e que a obra de arte será feita na praça central da cidade por um robô, o que será um marco para a comunidade e também para a região. Outras associações manifestam interesse em ser parcerias deste projeto.

Finalizando a pauta da reunião, o Sr. Zulmir Miottto agradeceu a presença de todos e informou que o recebimento das propostas para a reforma/readequação do Estatuto do Comvers deverá ser feita diretamente com ele, que ficou responsável pela compilação de todas as demandas numa proposta final para a discussão e aprovação das alterações/melhorias do estatuto, conforme já aprovado pelo Conselho Deliberativo. Também ficou decidido que a realização desta Assembleia Geral Extraordinária será em Nova Prata, momento que permitirá esclarecer e discutir com profundidade as mudanças pretendidas pelos associados do COMVERS.

* Matéria extraída da Ata nº. 28/2018 do COMVERS

IMG_2051IMG_2026IMG_2040

Em registro das novas entidades associadas, os representantes da Associação Vêneta de Vale Vêneto – AVE e do COMVERS.

 

WhatsApp Image 2018-06-17 at 21.57.24Abaixo, Associação dos Descendentes de imigrantes das Terras de São Marcos – ADISAM.

WhatsApp Image 2018-06-17 at 22.06.06

  • Fotos: COMVERS

 

150 Anos da Imigração Italiana no RS

BANNER2.jpg

Belíssima iniciativa do Comitato Veneto do Rio Grande do Sul – COMVERS, o projeto 150 ANOS DE IMIGRAÇÃO ITALIANA NO RIO GRANDE DO SUL leva a assinatura de do talentoso escritor e poeta Ademir Antonio Bacca, suplente do Conselho Deliberativo, idealizador da obra literária que registra a chegada dos primeiros imigrantes italianos no estado e o legado que os mesmos deixaram como fruto de um trabalho árduo, obstinado, que refletiu consideravelmente no progresso do nosso estado e espalhou-se por outras regiões do país.

Apresentado ao quadro de associados quando da realização da assembléia do COMVERS, em 15 de maio, em Encantado, o projeto teve sua primeira apresentação pública na última sexta-feira, dia 8 de junho, em Marau, na reunião dos prefeitos da região que precedeu a abertura oficial do IX Festival Nacional do Salame. Representando o COMVERS, nosso querido conselheiro fiscal Reni Rui Tres, presidente do Circolo Vicentini Nel Mondo di Passo Fundo, e Ademir Antônio Bacca, autor do projeto, apresentaram a obra aos prefeitos e esperam, com esta iniciativa, mobilizar os municípios de origem italiana da região a contribuírem com a sua história.

O LIVRO

Dividido em dois volumes acondicionados em estojo de luxo, o projeto “150 anos da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul” reunirá textos de escritores e historiadores especialistas no estudo da imigração, memória e identidade italiana em nosso Estado, tratando desde a ocupação das colônias e o trabalho dos bravos imigrantes, até o seu legado cultural, arquitetônico, econômico e religioso.

Volume 1 – 150 anos de Imigração Italiana no Rio Grande do Sul

O primeiro volume abordará os principais temas da imigração desde os primórdios da colonização. Os motivos que levaram o governo brasileiro a abrir as portas aos imigrantes; a ocupação das colônias, o patrimônio arquitetônico, histórico e cultural da imigração, até o reconhecimento do Talian como língua oficial dos imigrantes.

Volume 2 – Os municípios e as personalidades da imigração italiana no RS

O segundo volume será totalmente voltado à história dos municípios originados pela imigração italiana, os gemellaggios entre cidades-irmãs, acervos históricos e algumas das personalidades políticas, empresariais e religiosas da imigração italiana, fazendo um registro da história contemporânea do incomparável legado de nossos bravos ancestrais.

Curta a página do projeto no Facebook e acompanhe as novidades.

Terra Madre Salone del Gusto – Food for change

29351593_1781198748603592_6848210720760414074_o

Dal 20 al 24 settembre, nei padiglioni del Lingotto Fiere e in molti altri luoghi della Città di Torino, Terra Madre Salone del Gusto è il più grande evento internazionale dedicato al cibo. Il tema dell’edizione 2018 è #FoodForChange, che ci invita a riflettere su come il cibo abbia impatti sulla nostra salute, le comunità e l’ambiente, e su come possa essere un concreto motore di cambiamento.

Organizzato da Slow Food, Città di Torino e Regione Piemonte, Terra Madre Salone del Gusto è un evento biennale che riunisce produttori, comunità del cibo, Presìdi Slow Food, accademici, giovani, cuochi e consumatori consapevoli nella celebrazione del cibo buono, pulito e giusto e nella riflessione sulle sfide e le soluzioni comuni.

Molti gli eventi in programma, tra cui i Laboratori del Gusto, le Scuole di Cucina, le conferenze e i forum. E ancora il mercato italiano e internazionale, l’enoteca, i percorsi interattivi e le attività in città, che si stanno definendo in questi giorni grazie al bando “Io sono Terra Madre”.

Il calendario completo degli eventi sarà disponibile a giugno. Seguici sul sito www.salonedelgusto.com, sulla pagina facebook Slow Food Italia e sulla pagina instagram Slow Food Italia per maggiori aggiornamenti.

Stefani, Fontana e Fraccaro: dal Nordest tre ministri combattenti

Captura de Tela 2018-06-12 às 23.59.41

Tre i ministri veneti nel governo Lega-Cinquestelle. Due leghisti, una vicentina e un veronese, e un trevigiano, trentino per adozione, del Movimento 5stelle.

Erika Stefani (Lega), ministro per le Autonomie e gli Affari Regionali

Avvocata, 46 anni, nata a Valdagno il 18 luglio del 1971, eletta senatrice nel 2013 e confermata al Senato nelle elezioni politiche del 4 marzo scorso, Erika Stefani viene da una lunga esperienza amministrativa cominciata nel 1999, quando si presentò come indipendente per una lista civica alle comunali di Trissino. Dieci anni dopo si ripresenta, però nelle liste della Lega, viene rieletta con una valanga di voti e ricopre la carica di vicesindaco. Nel 2013, infine, passa al Senato. E’ una donna decisa e determinata. In Senato si è occupata di diritti delle donne, dei femminicidi, e ha fatto parte della commissione parlamentarte per l’infanzia e l’adolescenza e ancghe di quella d’inchiesta sul caso Moro. La sua nomina al delicato ministero per le Autonomie prefigura una svolta molto decisa nell’atteggiamento del governo su questi temi cari alla Lega e agli elettori del Veneto e del Friuli Venezia Giulia. Sarà una veneta a completare il percorso avviato dal governatore Zaia per ottenere al Veneto una maggiore autonomia. E si invertirà la tendenza dei governi, evidente in questi ultimi anni, a contestare e impugnare sempre più norme regionali davanti alla Consulta.

Lorenzo Fontana (Lega), ministro per la Famiglia e la Disabilità

Laureato in Scienze politiche a Padova e in Storia della Civiltà Cristiana a Roma, 38 anni, nato a Verona il 10 aprile 1980, Lorenzo Fontana, eletto deputato il 4 marzo, è un pezzo grosso della Lega. Non solo perché è vicesegretario federale del partito e vicepresidente della Camera, ed ha fatto due legislature, dal 2009 al 2018, all’Europarlamento, dove è stato capodelegazione della Lega. Ma soprattutto perché è uno degli uomini che si fanno ascoltare da Salvini, eurodeputato pure lui. Fontana è stato il teorico e l’artefice dell’asse tra Lega e il movimento di Marine Le Pen, e del collocamento chiaro e netto della Lega nel filone della Destra e delle tradizioni, della difesa a spada tratta della civiltà europea intesa come identità e civiltà cristiana. Sbaglierebbe chi pensasse che il ministero di Fontana sia un ministero di seconda classe: è quello che lui ha voluto e chiesto per impegnarsi e incidere in temi che gli sono carissimi, per continuare da ministro le battaglie della vita, che «deve essere difesa dal suo inizio alla sua fine». Fontana è dichiaratamente antiabortista, e anche molto preoccupato per l’andamento demografico, per il calo della natalità che desertifica l’Italia e l’Europa. Non a caso Fontana ha scritto a quattro mani con Ettore Gotti Tedeschi, l’economista ex presidente dello Ior, un libro che è il suo manifesto: “La culla vuota della civiltà: all’origine della crisi”. Recentemente si è battuto per Alfie, il bimbo inglese lasciato morire.

Riccardo Fraccaro (Movimento 5stelle), ministro per i Rapporti col Parlamento e per la Democrazia Diretta

Laureato in Diritto internazionale dell’ambiente presso la facoltà di Giurisprudenza di Trento, Riccardo Fraccaro ha 37 anni. E’ nato a Montebelluna il 13 gennaio 1981, ed ha vissuto a Riese Pio X fino al momento di iscriversi all’Università, poi si è accasato in Trentino. Si è avvicinato al Movimento di Grillo nel 2010, fondando il Meetup di Trento, che nel 2013 gli ha valso l’elezione alla Camera, unico eletto del Movimento nella Regione. E come deputato (riconfermato il 4 marzo) ha lasciato il segno: Fraccaro è il presentatore dell’ormai celebre progetto di legge contro il conflitto d’interesse, bestia nera di Berlusconi e di Forza Italia, che è stato approvato alla Camera e poi è stato messo nel cassetto sotto il governo Renzi. Fraccaro è considerato un “gaffeur” ma in realtà le sue non sono gaffe: lui la pensa così e lo dice. Famosa è la sua condanna della seconda elezione di Napolitano alla presidenza della Repubblica, nel 2013, rielezione che il Movimento aspramente contestava. «Oggi è il 20 marzo, giorno in cui nacque Hitler, ed oggi muore la democrazia in Italia» disse Fraccaro. Ma ben più attuale è la sua priorità, dichiarata all’indomani della sua riconferma alla Camera: «Il Movimento Cinquestelle abolirà i vitalizi nel giro di due settimane, con una semplice delibera». Staremo a vedere…

+ Il Gazzettino

Governo Conte al via, i ministri hanno giurato al Quirinale

Captura de Tela 2018-06-12 às 23.55.04

Via al governo di Giuseppe Conte. Il premier e i 18 ministri (5 donne) hanno giurato oggi al Quirinale davanti al capo dello Stato, Sergio Mattarella. Il presidente del Consiglio dopo la cerimonia ha fatto il suo ingresso a Palazzo Chigi accolto da picchetto d’onore. Poi lo scambio di consegne con Paolo Gentiloni con il tradizionale passaggio della campanella.

Il giuramento. Al Colle ha giurato prima il presidente del Consiglio, poi i ministri. Tutti hanno pronunciato la formula di rito: «Giuro di essere fedele alla Repubblica, di osservarne lealmente la Costituzione e le leggi e di esercitare le mie funzioni nell’interesse esclusivo della Nazione».

Finito il giuramento il governo è entrato nella pienezza dei suoi poteri. «Confesso, emozionato e felice», ha scritto il leader della Lega su Twitter che allega anche un selfie fatto dentro il salone delle Feste al Quirinale in attesa di giurare come ministro dell’Interno.

+ Informazione

Centro Studi Valle Imagna 

Borse di Studio Carlo Locatelli di Valle Imagna Assegnazione premi edizione 2016/2017
Bibliosteria di Cà Berizzi – Assegnazione delle Borse di Studio Carlo Locatelli di Valle Imagna – Edizione 2014/2015

Il Centro Studi Valle Imagna ha deliberato di assegnare a cinque scuole della valle (Infanzia di Corna Imagna e Locatello – Primarie di Ponte Giurino, Corna Imagna e Locatello) altrettante Borse di Studio per un valore di Euro 500,00 ciascuna (di cui € 200,00 da corrispondere in denaro e la rimanente parte in libri scelti tra le pubblicazioni del Centro Studi Valle Imagna a catalogo), in relazione ai lavori svolti sulla scoperta e valorizzazione della cultura del territorio, nelle sue dimensioni geografiche, storiche, sociali e umane.

Alunni, insegnanti e genitori delle Scuole dell’Infanzia e Primarie della Valle Imagna sono invitati ad intervenire alla premiazione ufficiale che si svolgerà mercoledì 30 maggio 2018, alle ore 17:00, presso la Bibliosteria di Cà Berizzi (Via Regorda, 7 – Corna Imagna). Verrà offerta una merenda per tutti.

LEGGI L’ELENCO DEI LAVORI PREMIATI

Contrada Roncaglia, 21 – 24030 Corna Imagna (Bergamo)

349 4216170

Contrada Regorda, 7 – 24030 Corna Imagna (Bergamo)

366 5462000

CENTRO STUDI VALLE IMAGNA

328 1829993

Registro dei Comuni Onorari del Veneto

Requisiti di iscrizione al Registro
Possono essere iscritti al Registro i Comuni d’Italia, ad esclusione dei Comuni del Veneto, e i Comuni di altri paesi del mondo, che presentano i seguenti requisiti:

1) la presenza nel territorio comunale di una comunità di veneti, intendendosi per tale una organizzazione di almeno 50 persone, legate tra loro da un vincolo associativo, che siano emigrate dal Veneto o discendenti di emigrati dal Veneto. Tali organizzazioni/ associazioni presenti nel territorio comunale devono avere quale principale finalità statutaria la salvaguardia e la promozione dell’identità storica del popolo e della civiltà veneta e la valorizzazione delle singole comunità venete. Laddove la richiesta promani da un Comune estero nel quale è presente un circolo iscritto al registro regionale di cui all’articolo 18 della legge regionale n. 2/2003, detto requisito si intende soddisfatto;

2) la realizzazione nel territorio comunale di almeno due eventi e/o manifestazioni legati alla lingua, alle tradizioni, agli usi e ai costumi della cultura veneta, nell’anno in cui viene presentata richiesta di iscrizione, o nel biennio precedente;

3) la sussistenza di rapporti con Comuni del Veneto o con organismi od associazioni di veneti e loro discendenti di altre regioni d’Italia e di altri paesi del mondo.

Modalità e documentazione 
La domanda di iscrizione, sottoscritta dal Sindaco del Comune (per quanto riguarda gli stati esteri, la figura al vertice dell’amministrazione comunale e legale rappresentante dell’ente) e accompagnata da un suo documento di identità in corso di validità, deve essere inoltrata con una delle seguenti alternative modalità :

• A mezzo posta: Regione del Veneto
Unità Organizzativa Flussi Migratori
Cannaregio, 23
30121 VENEZIA
ITALIA

• A mezzo posta elettronica certificata al seguente indirizzo:
area.sanitasociale@pec.regione.veneto.it

• A mezzo fax: 0039.0412794111

corredata della seguente documentazione:

A) copia autentica dell’atto costitutivo e dello statuto dell’organizzazione/associazione avente sede nell’ambito del territorio comunale, con traduzione giurata in lingua italiana se redatti in altra lingua. Nel caso di circolo iscritto al registro regionale di cui all’ art.18 della L.R.n.2/2003, gli atti suddetti dovranno essere inviati qualora non già in possesso dell’amministrazione regionale o qualora modificati;

B) un elenco dei soci dell’ dell’organizzazione/associazione, sottoscritto dal legale rappresentante. Nel caso di circolo iscritto al registro regionale di cui all’ art.18 della L.R.n.2/2003, l’elenco dovrà essere inviato qualora modificato rispetto a quello già trasmesso all’amministrazione regionale;

C) una relazione, sottoscritta dal Sindaco (per quanto riguarda gli stati esteri, la figura al vertice dell’amministrazione comunale e legale rappresentante dell’ente), esplicativa dell’attività svolta e dei rapporti intercorsi con Comuni del Veneto o con organismi od associazioni di veneti e loro discendenti di altre regioni d’Italia e di altri paesi del mondo. Detta relazione deve essere supportata da idonea documentazione costituita, a titolo esemplificativo, da accordi formali, brochure, locandine, volantini, dai quali sia possibile evincere la data (giorno, mese, anno) e comprovanti quanto dichiarato in ordine all’attività e ai rapporti descritti.

Ai sensi dell’art. 13 del d.lgs. n. 196/2003 i dati personali raccolti saranno utilizzati esclusivamente per lo svolgimento delle attività inerenti all’iscrizione al Registro dei Comuni onorari del Veneto e non saranno soggetti a diffusione e divulgazione a terzi. La trasmissione all’Amministrazione dei dati personali riguardanti i soci avverrà sotto la responsabilità del Comune, che è tenuto ad acquisire preventivamente l’autorizzazione all’uso di tali dati personali. Il titolare del trattamento è: Regione del Veneto – Giunta Regionale – Dorsoduro 3901 –Palazzo Balbi – Venezia. Responsabile interno del trattamento è il Direttore dell’Unità Organizzativa Flussi Migratori. In base all’art. 7 del d.lgs. n. 196/2003, potrà essere richiesta la correzione e l’integrazione dei propri dati e, ricorrendone gli estremi, la cancellazione o il blocco.

Il termine di conclusione del procedimento è fissato in 90 giorni dalla data di ricevimento della domanda, completa della prescritta documentazione.

+ Regione Veneto

Programma annuale dei VNM

Gentili Consultori,

la presente per informare che, come previsto dal Programma annuale dei veneti nel mondo per l’anno in corso, la Giunta Regionale, ha approvato i seguenti Bandi di Concorso:

1 – “Premio tesi di laurea sulle tematiche dell’emigrazione veneta” approvato con DGR n. 582 del 30 aprile 2018 riservato a laureati che abbiano discusso una tesi nell’anno accademico 2017/2018, o nei due anni accademici precedenti, e a laureandi che abbiano presentato nell’anno 2018 una tesi in materia di emigrazione veneta presso le Università del Veneto. La domanda di partecipazione deve pervenire all’Unità Organizzativa Flussi Migratori entro e non oltre il 15 novembre 2018. Per ogni altra informazione visitare la pagina : http://www.regione.veneto.it/…/giornata-dei-veneti-nel-mondo;

2 – Bando di Concorso “L’emigrazione veneta: un fenomeno passato e presente” approvato con DGR n. 583 del 30 aprile 2018 riservato agli studenti delle classi terza e quarta delle scuole secondarie di secondo grado del Veneto frequentanti gli anni scolastici 2017/2018 e 2018/2019. La domanda di partecipazione al Concorso che prevede la realizzazione di un prodotto audiovisivo sulle tematiche dell’emigrazione veneta dovrà essere presentata dal legale rappresentante della scuola e pervenire all’Unità Organizzativa Flussi Migratori entro e non oltre il 15 novembre 2018. Per ogni altra informazione visitare la pagina : http://www.regione.veneto.it/…/giornata-dei-veneti-nel-mondo;

Cordiali saluti

Dott.ssa Marilinda Scarpa

+ Informazioni

25 de Abril – Dia de San Marco e cancelamento de assembleia

Retratado como um leão alado, o Leão de São Marcos é uma representação simbólica do evangelista São Marcos, padroeiro da cidade de Veneza, cuja data é comemorada aos 25 de abril.

Autor do segundo Evangelho, composto em grego, suas relíquias encontram-se na Basílica de São Marcos desde 828, ano em que os pescadores Bon da Malamocco e Rustego da Torcello as trouxeram da Alexandria.

Veneza, no início da sua história, foi disputada entre o Patriarcado de Aquileia e o de Grado. Esta luta teve por consequência a mudança contínua de santo protetor, com cada uma das duas cidades a querer impor o seu santo, São Marcos ou São Teodoro. As duas estátuas de santos no alto das colunas da Piazza San Marco testemunham esta disputa.

Atendendo ao dispositivo legal do artigo 15 do Estatuto da Entidade, o presidente da Diretoria Executiva do COMVERS, Ismael Rosset, no uso de suas atribuições legais, torna público, especialmente às entidades associadas, o CANCELAMENTO da Assembleia Geral Ordinária conforme edital n˚1/2018, de 19 de abril deste mesmo ano, marcada para o dia 28 de abril, na cidade de Monte Belo do Sul.

Oportunamente será emitido novo edital, conforme dispositivos legais previstos neste mesmo Estatuto.